londonbeadco.mobi

Baixar Arquivos

BAIXAR MUSICAS BECA ARRUDA


    Índice:

Veja as letras de Bêca Arruda e ouça "Eu Vou Pra Bahia", "Always Together", " Sexto Sentido", "Os quatro Elementos", "Fases Da Vida" e muito mais músicas!. Não tenho liberdade pra tocar a minha música nem dentro de Composição: Bêca Arruda · Esse não é o compositor? Ver todas as músicas de Bêca Arruda. Venha ouvir Always Together, Eu Vou Pra Bahia, Fases Da Vida e muitas outras músicas!.

Nome: musicas beca arruda
Formato:ZIP-Arquivar (MP3)
Sistemas operacionais: MacOS. iOS. Windows XP/7/10. Android.
Licença:Grátis (* Para uso pessoal)
Tamanho do arquivo:5.72 MB

ARRUDA BAIXAR MUSICAS BECA

Mais tarde, trancado no camarim, ele faz um relaxamento e um pouco de exercício de voz. No fim, a gente é que acabava gozando eles, e estudando as reações deles, e respondia que Sartre era um jogador de futebol e outras. Ele tocou ambas com a guitarra. È mole No romance anterior, com a atriz Myrian Rios, Roberto Carlos foi ainda mais radical, porque viveu com ela onze anos sem se preocupar em oficializar o relacionamento.

Não tenho liberdade pra tocar a minha música nem dentro de Composição: Bêca Arruda · Esse não é o compositor? Ver todas as músicas de Bêca Arruda. Venha ouvir Always Together, Eu Vou Pra Bahia, Fases Da Vida e muitas outras músicas!. Todas as músicas do álbum Bêca Arruda de Bêca Arruda para ouvir, confira também as letras, traduções e vídeos. Ouça músicas de Bêca Arruda como 'Always Together', 'Fases da Vida', 'Beira Mar', 'Sociedade do Mar', 'É A Vida', 'Me Faz Tao Bem' e todas as outras. Eu vou pra Bahia / Eu vou a pé até o Sol raiar / Eu vou até a praia ver o mar / Ouvir os gritos dos filhos de Oxalá / Eu vou pela vida / Seguindo a luz que.

ARRUDA BECA BAIXAR MUSICAS

Casulo do Cerrado. Apresenta um repertório variado. Essa rapaziada promete A banda também tem um site muito bem elaborado. Na estrada de 2. Rio Grande do Sul. Da Gama tem uma história bacana que deve ser conhecida.

O cara além de um grande guitarrista, também apresenta o Programa Cidade do Reggae, junto com Fernando Costa. Dionorina é Reggae na veia. As gravadoras que abram o olho. Banda paranaense que cultiva a mensagem e a energia do reggae. Desde na estrada, Djambi faz um som de primeira e acerta em cheio o gosto da galera.

Reggae com firmeza. Muito bom O guerreiro do reggae nacional. Experimento Reggae. Dêem uma boa olhada nessa banda da cidade de Garça. Nesse site é possível ouvir as musicas e conhecer a trajetória do grupo. Banda que promete fortalecer ainda mais o verdadeiro Reggae paulista. Fotos, Clips, Idéias e boas mensagens. Boa promessa. Filosofia Reggae.

Shows com boas vibrações e musicas de protesto. A galera do Piauí, invadiu o Guia do Reggae. A banda Fullreggae caminha em passos largos. Vale a pena esperar. Reggae raiz independente e sonoro. Banda pra quem conhece.

Santa Catarina. Boas vibrações A energia do reggae do planalto. Responsa com personalidade, e a certeza de um bom show. Eis uma das melhores bandas regueiras de Sampa. Além de boa banda, boas letras e consciência social e religiosa. O Reggae como deve ser Jai Mahal e os Pacíficos da Ilha. Banda pioneira do Reggae brasileiro que desde o ínicio dos anos 80 vem traçando seu trajeto.

O primeiro trabalho ainda em vinil e foi mixado e prensado na Jamaica, justamente no território sagrado da Tuff Gong de Bob Marley. A força do reggae do Espírito. Os estilos do reggae numa banda só. Consciência e maturidade. Espírito Santo. Essa banda é uma das pioneiras do reggae nacional.

Formada em meados de , a banda buscou mesclar o swing brasileiro com o soul, o african pop e é claro com o Reggae. Um pouco da estória do Reggae nacional que devemos obrigatoriamente, ainda que tarde, conhecer. Reggae vibrante e verbo solto.

BECA ARRUDA MUSICAS BAIXAR

Regueiro guerreiro do território mineiro. Roots Reggae de primeira. Força rapaziada Bom repertório e estilo diferente.

BECA ARRUDA MUSICAS BAIXAR

Mamaquilla é outra banda que se desponta pela maturidade e objetivos concretos. Trabalho próprio, prestigiado e com experiência. Minas Gerais. Rapaziada da zona Sul de Sampa que mostra um Reggae de variações sem perder a identidade. Cd novo chegando Conhecido em todo Brasil, o Maskavo segue sua estrada com um Reggae de primeria e boas letras. Bons shows e galera fiel.

Em inglês. Galera do bem que vem animando as noites de Sampa. A promessa certa do Reggae. A Bahia tem Mosiah Roots també.

BECA BAIXAR ARRUDA MUSICAS

A Fortaleza do Reggae. A banda Nagana é uma das gratas surpresas do Reggae nacional. Namastê segue o seu caminho fazendo o reggae do bem. Banda de reggae fiel e com alguns prêmios na bagagem. Talvez, ao lado da Tribo de Jah, a banda mais famosa do reggae nacional. Letras na ponta da língua e publico fiel. Juventude e profissionalismo caminhando juntos.

Boa caminhada galera. Do reggae ao samba. A originalidade com sentimento e vida. Boas produções e algumas participações especiais. Perspicaz e corrosiva observadora da sociedade, amante do. Sikatan belang mp3 download Gozandome kari jobe karaoke download Projects in the jungle pantera download Cuckoo s calling arrud book download. Fotografia da Zambujeira do Mar do.

Sociedade Chords by El Shaddai Learn to play guitar. Bêca Arruda — Sociedade Do Mar. Show do Beca arruda — Amor de partida — Duration: Eu faço parte da sociedade do mar Que defende a Beleza do meu bem estar Eu sei, que aqui na praia tudo acontece O mar.

May genera te conflicts beca bca the community and. Quanto tempo eu perdi Ou nem vi passar Na frente do computador Fazendo download da minha alma. O Que Sera De Nos — plays. Carlos Manuel S Arruda. Sociedade do Mar — Videoclipe — Bêca. Bsca ive At Peel Acres. Cada mulher é bonita dentro de sua característica física. Sem contar que a beleza em si é de um universo muito grande. Enfim, eu quis dar um toque, fazer um protesto contra isto", afirma Roberto Carlos.

Na época, as ligações internacionais eram ainda muito deficientes, e os dois mal conseguiam se ouvir.

A partir daí. Saía mulher de debaixo da. Ela era bonita, atraente, maravilhosa. Marilyn Monroe sempre foi um ídolo para mim", afirma. Mas Marilyn Monroe permaneceria para ele como uma referência maior, a primeira de todas. Quando garotos, na Tijuca, nem Roberto nem Erasmo podiam ser muito exigentes quando o assunto era mulher.

Gordas ou magras, brancas ou negras, novas ou coroas, qualquer uma que parecesse disponível eles atacavam. Para isso, quase toda noite Erasmo circulava pelas imediações da praça Saens Peña caçando alguma garota, geralmente empregada.

Escada era ótimo porque, como eu sempre fui muito alto, a menina podia ficar um ou dois degraus acima e dava uma prensa legal. Mas era meio perigoso porque, no melhor da festa, bleinnnn! Exibida diariamente às nove e meia da noite pela TV Tupi, a novela batia todos os recordes de audiência na época.

Mas nem sempre o cantor aparecia ali apenas com o objetivo de tocar os seus discos. Semanas depois, o disc jockey Roberto Muniz aguardava o cantor em seu programa Peça Bis ao Muniz quando foi informado que Roberto Carlos estava na portaria, barrado pelo Mineiro. Ao longo dos anos 60, Roberto Carlos andava no seu carro a toda velocidade e suas aventuras amorosas eram ambientadas no banco de um automóvel. Alegres e divertidas no caso de O calhambeque; tensa em Por isso corro demais ou triste em As curvas da estrada de Santos.

Era a fase das gírias, do embalo e da velocidade. Ao atravessar de carro a avenida Niemeyer, era visível para ele este crescimento de favelas e motéis no Rio de Janeiro. Em consequência, eram proibidos ou mutilados diversos filmes, peças, livros, revistas, canções e até capas de discos que direta ou indiretamente focalizavam o erotismo. Eu me sentia afrontado, desrespeitado e sofria com isso", afirma Erasmo Carlos.

No rastro da chamada defesa da moralidade e dos bons costumes, um dos primeiros e mais visados artistas na época foi o cantor e compositor Odair José. Mas, logo que saiu do palco, foi avisado de que um agente da Polícia Federal queria falar com ele, ainda no camarim. Para o cantor, ficou claro que, se ele insistisse naquilo, poderia mesmo ser mandado embora ou sumido.

O curioso é que essa foi uma das poucas canções em que Roberto Carlos escreveu primeiro a letra e depois colocou a melodia. O resultado agradou até ao poeta Vinicius de Moraes, que considerava Proposta uma das melhores canções de Roberto Carlos. O que dizer depois disso? O cantor achou aquele verso com a referência ao cavalo muito forte e bonito, e durante alguns dias ficou com ele na cabeça. Segundo Erasmo Carlos, eles conseguiram dizer tudo o que queriam naquele tema.

Em vez de dizer Vou trepar nessa mulher a noite inteira", nós fizemos uma coisa de bom gosto para dizer a mesma coisa. Em , dez anos depois de começar a compor e gravar suas baladas sexuais, Roberto Carlos parou para pensar e constatou que havia tratado o tema sempre com muita sutileza. Sim, porque em nenhuma das canções gravadas ao longo daquele período ele tinha usado a palavra sexo. Temas antes considerados tabus podiam agora ser discutidos e veiculados livremente.

O primeiro problema foi encontrar uma boa rima para a palavra sexo. Para Roberto Carlos, aquilo remeteu imediatamente a côncavo e convexo, e essa palavra era ótima para rimar com sexo.

Eram mulheres de 25 anos para cima, algumas casadas, mas todas maravilhosas e a fim", lembra Erasmo Carlos. Devido à alta rotatividade, a mulher instalou na sala de visitas do térreo um bar, onde sua clientela bebia e conversava enquanto esperava que vagasse um dos quartos do segundo andar. Eu pegava as garotas nos shows, nas festas e levava para a Casa da Baiana. Para isto ele tinha o seu chatô, que ficava no posto cinco de Copacabana.

Depois do programa fazia-se uma colheita de brotos e iam todos. Esperarei você todas as segundas-feiras no mesmo lugar. Mas você pode me localizar Ao lado é o de seis andares, de pastilhas: é esse! Suba até o 52 andar.

Tem dois apartamentos por andar, o meu é o primeiro. Desejo que sim. É por isso que lhe escrevo. Tenho um iate Imagine-se em alto-mar, num iate, tomando drinks e apreciando a lindíssima paisagem que Angra oferece.

E o pôr do sol? Você nem pode imaginar. É a coisa mais linda que existe. Tudo maravilhoso A moça queria porque queria falar com Roberto Carlos. Assim foi feito, mas ele nem teve tempo para dizer coisa nenhuma, pois, num gesto brusco, a menina arrancou o vestidinho de jérsei branco que usava e ficou nuazinha em pêlo.

Foi um escândalo, ela corria nua e histérica de um lado para o outro da portaria. Alguns moradores do prédio foram chegando naquele momento, outros desceram para ver a cena, e o porteiro sem saber o que fazer.

Bon Jovi recebe título honorário de doutor em música nos EUA - Jornal Estação

E era uma briga danada por aquele buraquinho quando entrava uma nova cantora no. Mas acontecia muito mais coisas do que isso nos bastidores do Jovem Guarda.

Tinha muito isso também", diz o guitarrista Renato Barros. As histórias se sucediam Certa vez, uma menina entrou escondida no camarim de Jerry Adriani, na TV Tupi do Rio, e ficou esperando que ele saísse do banho.

Com uma delas passei uma das melhores noites de minha vida, fazendo amor na Praia do Futuro, em Fortaleza. Wanderley Cardoso posava de bom rapaz, mas também viveu experiências semelhantes. Em , ele foi com outros integrantes da jovem guarda fazer um show coletivo em um clube de Salvador.

A filha do patrocinador daquele show na Bahia era amiga do gerente do hotel onde os cantores se hospedaram. Valendo-se dessa amizade, conseguiu uma cópia da chave do apartamento de Wanderley Cardoso e esperou o cantor voltar do clube, escondida dentro do seu guarda-roupa. Em , quando Ed Carlos fazia sucesso com Sou feliz, tinha apenas treze anos. Eu era o caçulinha, o xodozinho da turma, e quando todos saíam para a bandalha eu ficava com Wanderléa.

Ele achava que eu podia querer passar o rodo no menino, pode uma coisa dessas? Por vezes, os artistas iam fazer shows em cidades do interior muito próximas e, nesse caso, tentavam levar as meninas de uma cidade para a outra. Estando fora da cidade delas tudo ficava mais tranquilo", afirma o baixista Nené, de Os Incríveis.

Era tudo na base do "foda-se". Nós demos sorte, porque podia ter dado realmente uma merda. Mas ninguém pensava nisto na época", afirma ele. Todas as vezes que se deparava com aquela indefectível pergunta: "é verdade que você e Roberto namoraram? Mas passei anos sendo rainha da jovem guarda e ainda era virgem", garante.

Como o assédio a ele era muito grande, eu me sentia bastante insegura. O Roberto tem um lado - agora acho que acalmou, tomara - sempre galante, sempre soube cortejar uma mulher, ele é todo sedutor. Tenho muito respeito pelo meu corpo, sabe? Os dois travaram contato nos bastidores da TV Record. Ela topou e tudo foi acertado para uma noite de quartafeira, dia 28 de setembro de Na época, Maysa tinha trinta anos e ainda era um nome badalado, como cantora e como celebridade.

Numa visita ao Rio, no início de Jango mandou um de seus seguranças localizar a cantora e trazê-la até o hotel.

Baixe o disco!

Depois de percorrer diversas boates da zona sul carioca, encontrou-a aos beijos e abraços com Ronaldo Bôscoli numa mesa do Texas Bar. Mas, como ordens eram ordens, o segurança se aproximou do casal e comunicou que estava ali para levar Maysa ao encontro do presidente. O Jango tem umas lou curas. Por tudo isso, Roberto Carlos e Maysa protagonizariam um encontro de objetos de desejos, pois, assim como o jovem cantor estava no foco de milhares de garotas, Maysa era a fantasia de outros tantos marmanjos.

Ainda mais que, naquele ano de , depois de se submeter a uma rigorosa dieta, ela estava novamente em forma, mais magra e loura. Antes do encontro marcado para aquela noite de quarta-feira, Roberto Carlos e Maysa tinham um compromisso na TV Record: ambos estavam escalados para cantar na segunda eliminatória do festival que a emissora promovia em Assim foi feito. A cantora pediu uísque para beber e foi-lhe servida uma garrafa lacrada de scotch. Roberto Carlos.

Ao chegar em casa, o cantor ficou na sala bebendo com Maysa o restante da garrafa de uísque. Os dois conversaram animadamente sobre os bastidores do festival, deram algumas gargalhadas e, em seguida, foram para o quarto.

Era natural, portanto, que em algum momento os dois ficassem juntos a sós. Na época, posou para a revista Amiga, numa daquelas tradicionais reportagens que mostram a casa do artista. Para Sônia Braga aquilo seria mais do que um encontro; era também um ajuste de contas com o passado.

O elenco feminino seria todo inédito. Sempre lanço algum ator ou alguma atriz nos meus filmes e acho que isso tem me dado muita. Se ele tivesse mesmo sorte, teria lançado naquele filme uma futura estrela do cinema: a atriz Sônia Braga.

BEIRA-MAR – Bêca Arruda –

Sim, nem um mísero beijo Roberto Carlos iria trocar com as garotas do filme. E Roberto Carlos queria preservar essa imagem", afirma Roberto Farias. Roberto Farias queria ter no elenco seis diferentes tipos de garotas, que podiam ser brancas, morenas, amarelas ou jambo. Cerca de quinhentos candidatos apareceram no período dos testes.

Mas com o filme de Roberto Carlos ele foi à desforra: passou algumas semanas testando centenas de lindas garotas. E entre elas na fila, estava a jovem Sônia Maria Campos Braga, tentando ganhar uma das vagas.

Para Sônia Braga aquela era a sua chance de entrar no meio artístico e de ficar perto do ídolo Roberto Carlos. Entretanto, no dia do teste, Roberto Farias acabou escolhendo uma outra morena para o filme e Sônia Braga pegou o ônibus de volta para casa chorando. E eu também". Muito melhor, é claro, considerando que naquele filme nenhuma das atrizes podia sequer dar um selinho no cantor.

Naquela noite na La Cave, ele conheceu quatro garotas que ficaram inebriadas com a narrativa que Luis fazia dos bastidores do mundo artístico carioca, de como ele tinha conhecido Roberto Carlos, Erasmo e outros ídolos da jovem guarda. Detalhe fundamental: três delas eram menores de idade, uma de quinze e duas de dezessete anos. Seria exatamente ali que o forrobodó iria acontecer.

Nesse episódio ficou evidenciada, pelas marcas no corpo da moça, uma tentativa de curra seguida de homicídio praticado por dois rapazes da zona sul carioca. De volta à zona sul carioca, ele andava sempre à procura de festas com os antigos amigos. Outro que também apareceu no apartamento foi o cantor Erasmo Carlos. Ao chegar, deparou-se com a turma bebendo e cantando, num ambiente bastante convidativo. Entretanto, aquele pouco tempo que ficou na casa de Imperial foi suficiente para Erasmo ter o seu nome envolvido num escândalo de sexo e orgia que abalou a jovem guarda.

A menina, em prantos, refugiou-se no banheiro, enquanto Carlos Imperial e demais marmanjos caíam na gargalhada. Exauridas, as meninas passaram a segun-da-feira inteira dormindo. O locutor desconversou e pediu para elas procurarem um colega no bar ao lado, que as encaminhou para um amigo, que por sua vez pediu para elas ficarem um pouco mais no Rio, num apartamento vago que ele tinha.

Deveriam pegar a chave num bar na rua Siqueira Campos, na verdade um daqueles in-ferninhos de Copacabana. Resumo da ópera: na madrugada de terça para quarta-feira, as quatro meninas foram abordadas pela polícia quando vagavam grogues e chorosas pela praia de Copacabana. Além do Chatô de Carlos Imperial, foi determinada a devassa em outros endereços, como o apartamento do cantor Ciro Aguiar, no centro do Rio, que alguns outros cantores também costumavam usar para furtivos encontros amorosos.

Na sequência do inquérito instaurado para apurar o caso, todos os envolvidos foram intimados a prestar seu depoimento. Tenho minha família, respeito as famílias dos outros, e gosto que me respeitem. Isso me cheira a onda contra a jovem guarda", disse Erasmo Carlos, após ser ouvido por mais de três horas pelas autoridades do Juizado de Menores do Rio de Janeiro. Parece que versos como "ah! Nesta e em outras canções, a palavra amor podia significar algo mais do que apenas o sentimento romântico.

Mas o escândalo acabou se espalhando e ficou difícil para os artistas envolvidos fazerem shows pelo interior do país. Erasmo Carlos, por exemplo, foi um dos mais visados. Nosso juiz também proibiu você de se apresentar aqui", dizia-lhe a polícia local. Se me disserem que ele se trancou no quarto pra ler o Pato Donald, acredito. Horas depois foi a vez do. Na segunda-feira foi preso o playboy Ronaldo Guilherme, que havia se refugiado na casa de um amigo em Vitória, Espírito Santo.

Quando apareceu, foi preso. O delegado Sérgio Paranhos Fleury - chefe de segurança da TV Record - o alertou de que a polícia paulista podia ser acionada para prendê-lo a qualquer momento. Ninguém passava, nem agente da Polícia Federal", afirma o cantor, que ali ainda deu guarida a outro fugitivo, Carlos Imperial.

Todos os artistas denunciados entraram com um pedido de habeas corpus e puderam responder ao processo em liberdade. Mas, na época, a carreira e imagem deles foram duramente prejudicadas. Erasmo sempre foi bastante sincero quanto às suas estripulias: "Por que esconder? Principalmente antes de se casar com Nice, ele era uma fera, um grande comedor. Wanderléa confirma que na época o assédio a Roberto Carlos era muito grande: "Na jovem guarda era uma loucura.

E Roberto sempre foi muito mulherengo". Robertito", e depois iam bater à porta da suíte dele. E isso também acontecia na Argentina, no Chile. Mas é a tal coisa: eu podia fazer o quê? Com tudo isso, Roberto Carlos sempre evitou falar sobre suas aventuras sexuais. Afinal, o artista brasileiro tem tudo a ver com o universo da Playboy: sucesso, glamour, sexo, mulheres, carros Quando se tornou editor da Playboy, o jornalista Ruy Castro se empenhou nessa tentativa de convencer o cantor.

Mais uma vez tentou entrevistar Roberto Carlos, sem êxito. Mas quem toparia falar sobre isso? Essa fonte era bem relacionada com o cantor e com algumas mulheres que passaram pela cama dele. Mas, afinal, quem era ele? Castro com Bôscoli era antiga, e este seria, inclusive, uma das principais fontes de seu livro Chega de saudade.

Mas, para aquela reportagem da revista Status, Ronaldo Bôscoli concordou em falar desde que recebesse algum dinheiro. Bôscoli fez também mais duas exigências: que Ruy Castro jamais revelasse sua fonte e que depois de escrita a reportagem ele destruísse a fita da entrevista -exigências que foram de fato cumpridas pelo jornalista.

Preço e condições acertados, o depoimento foi marcado para um final de tarde num restaurante na cobertura do hotel Sol Praia Ipanema, no posto nove, zona sul carioca. Na época, Ruy Castro estava com uma namorada paulista e a levou ao encontro para melhor atrair o lobo Bôscoli. E assim aconteceu. Ruy Castro ligou o gravador e a sua fonte contou o que sabia sobre as aventuras sexuais de Roberto Carlos.

O resultado saiu na revista Status com o título "O Roberto Carlos que ninguém conhece", reportagem assinada por Guido Macedo, pseudónimo sob o qual Ruy Castro tentou se esconder.

Em seguida, o cantor reuniu seu staff e deu uma bronca geral, pois desconfiava que as informações tivessem partido dali. Ainda irritado com a revista, dias antes da estreia ele consultou a lista de convidados preparada pela diretoria do Palace e vetou os convites para qualquer jornalista da Status.

Portanto, fica dispensado de irritar-se quando uma revista ou jornal for obrigado a valer-se do testemunho de terceiros para atender a curiosidade dos leitores sobre ele". Mas de nada adiantaram seus argumentos, pois Roberto Carlos continuou bronqueado e disposto a levar adiante o processo contra Ruy Castro e Fernando Pessoa Pereira.

Roberto Carlos hesitou na resposta Mas que pergunta filha-da-puta! Finalmente ele confessou! Nada a ver com aquele Roberto Carlos de seus filmes, que nem sequer beijava no rosto das meninas. Entraram imediatamente em contato com Roberto Carlos, que naquele dia estava no Rio.

Na escola, Rafael Carlos era tido como maluco e nenhum colega acreditava que ele fosse filho de Roberto Carlos. E mais: como tantos outros covers de Roberto Carlos espalhados pelo Brasil, Rafael Carlos também se vestia e se penteava igualzinho ao cantor.

Sentindo-se cada vez mais estimulado, Rafael Carlos começou também a cantar e compor, sonhando em ser um artista famoso, na mesma linhagem romântica do pai. Mas ela parecia acalentar a certeza de que mais cedo ou mais tarde tudo aquilo seria resolvido da melhor forma possível. Embora incentivada pelos advogados a entrar na justiça contra Roberto Carlos, mais uma vez ela preferiu deixar o cantor em paz.

Os advogados de Rafael Carlos se armaram para uma batalha judicial dura, porque imaginavam que Roberto Carlos fosse protelar ao. Era difícil haver tanta semelhança", afirma o cantor. A paternidade foi oficializada no dia 8 de junho de , e Rafael, na época com 25 anos, tornou-se assim, oficialmente, o primogénito do rei e um dos herdeiros de sua fortuna.

Sim, porque àquela altura da carreira ele era o cantor de todas as classes sociais, de todos os sexos, de todas as idades e de todos os credos. Outro crítico da época, Silvio Lancelotti, afirmou em que Roberto Carlos envelheceu muito mais como compositor do que como pessoa. Nesse sentido, pode-se dizer que até hoje todos os. O Brasil nunca teve, por exemplo, um grande ídolo popular como Maradona, que defende o governo comunista de Cuba, usa tatuagem de Che Guevara e de Fidel Castro; nem como Muhammad Ali, que se posicionou como um líder do movimento negro nos Estados Unidos.

Portanto, Roberto Carlos seria mais um exemplo dos nossos ídolos populares. E Erasmo Carlos conta: "Ninguém lia jornal na jovem guarda, ninguém se interessava por política.

Na minha casa nunca se comprou jornal. Numa entrevista em , ele confessou: "Nunca fui muito amante dos livros, embora soubesse que é importante ler. Ainda assim, na época, Roberto Carlos leu alguns best-sellers, como Eram. Aí comprei tudo", diz Erasmo. Nem jornal nem livros, o que Roberto e Erasmo gostavam mesmo de ler era revistas em quadrinhos, como as de Bolinha, Luluzinha, Brucutu e Fantasma. Daí, é claro, as limitações de ambos para corresponder a determinadas exigências atiradas aleatoriamente sobre eles.

Por exemplo O sucesso de Roberto Carlos e do programa Jovem Guarda atrairia também professores de sociologia e de psicologia, que iam com seus alunos de faculdade entrevistar os cantores do programa. No fim, a gente é que acabava gozando eles, e estudando as reações deles, e respondia que Sartre era um jogador de futebol e outras. Um episódio significativo foi a visita que ele fez aos exilados Gil e Caetano em Londres.

Estes moravam numa casa de três pavimentos no bairro de Chelsea, bem ao lado da King"s Road. Puxa vida, Roberto Carlos vem aqui hoje à noite. Foi uma coisa incrível, porque a gente ali exilado, longe do Brasil e chegar o rei assim, né? Portanto, aquela seria a primeira vez que conversariam mais demoradamente e que se conheceriam melhor.

Roberto Carlos chegou acompanhado de Nice e Wanderléa. Se você quiser saber quem eu sou posso lhe dizer: entre no meu carro,. Sentia-se mal com tanto frio e chuva. Mesmo sem jamais ter gostado de usar barba, acabou deixandoa crescer, estampando no próprio rosto o seu estado interior. Estava magérrimo e com a pele amarelada por causa do frio excessivo. O cantor voltou para casa com aquilo na cabeça, e comentava com Erasmo Carlos; "Pôxa, como pode um negócio desses?

Roberto o chamou dizendo que tinha uma coisa para lhe mostrar, sem dizer o que era. Fiquei muito emocionado. Aquilo ficou em mim. E após o fim da ditadura nem Roberto nem Erasmo revelaram essa história. Coube, portanto, a Caetano Veloso revelar essa história, 21 anos depois. Este respondeu de modo reticente. Eu queria ouvi-lo dizendo aquelas coisas. Era um modo de ele explicitar o compromisso real dele.

Porque aí Roberto Carlos foi porta-voz. A sintonia entre Roberto e Caetano se manifesta para além do embate com as patrulhas. Só que havia. Caetano Veloso estava em casa tarde da noite quando recebeu um telefonema de Roberto Carlos. Roberto Carlos ficou incomodado com a palavra "estranha", que para ele remete a alguma coisa negativa. Em casos assim, ele geralmente pede ao autor para trocar a palavra.

Pois rapidamente ele pegou a fita com Just the way you are, e, depois de todos ouvirem, o maestro Jimmy Wisner reescreveu o arranjo seguindo aquela mesma base rítmica. Força estranha cresceu bastante com o novo arranjo, satisfazendo plenamente Roberto Carlos.

Uma das questões que sempre sensibilizaram Roberto Carlos foi a ecologia - e muito antes de ela se tornar um tema político. Principalmente do cabrito. É o bicho da minha infância", revela. De fato, quando Roberto Carlos tinha dez anos de idade, se afeiçoou tremendamente por um pequeno cabrito que apareceu perto de sua casa. Eu o alimentava com muito cuidado e até vi nascer o seu pequeno chifre.

Dito e feito. Primo devia ser um cabrito cigano. Mas pode ser que o tenham mesmo roubado", afirma o cantor, que a partir daí nunca mais conseguiu comer carne de cabrito. Sempre que lhe ofereciam o prato, ele lembrava do Primo e o recusava.

Ambas estavam. As pessoas às vezes se preocupam muito em falar aquilo que elas querem falar, que lhes convém. No entanto, Roberto Carlos estava na linha de frente de um tema hoje considerado crucial da sociedade. Assim como Castro Alves elegeu os negros - entre os seres humanos -, o cantor elegeu as baleias -entre os animais para fazer sua militância. Agora deu pra falar das baleias. E isto Roberto Carlos sempre compreendeu muito bem.

No final de , por exemplo,. O artista ficou profundamente irritado ao saber que na época aproximadamente 27 mil aves foram abatidas em nome do esporte brasileiro. Convençam essa gente a trocar as medalhas e os trofeus pelo amor à natureza.

Mas, na verdade, a maioria dos artistas da MPB fez isso durante aquele período. Foi algo inconsciente, as palavras foram surgindo. Desenvolvi a letra pensando nas coisas que lembram aos brasileiros as palavras verde e amarelo. Essa é a minha maior forma de protestar". No Brasil era muito comedido, mas, nas entrevistas no exterior, soltava o verbo.

Numa entrevista à revista argentina Sete dias, em agosto de , quando indagado sobre o que achava dos cantores de protesto, foi taxativo. Compôs em parceria com Chico de Assis, um homem de teatro. Na época do. De fato, é uma época diferente da que viu nascer e prosperar a Bossa Nova, que também nunca foi de protestar contra coisa alguma. Nosso negócio era a praia, a pescaria Isso é uma grande sacanagem. Nunca me sujeitei a esse tipo de palhaçada. Eu era um cara realmente alienado e comecei a entender isso depois.

Um trabalho como o de Chico Buarque a gente começa a respeitar. Mas eu sempre fui radicalmente contra este negócio de cafetinar pobre para vender disco". Edu Lobo, por exemplo.

Achava que ele estava aproveitando uma onda. Eu sempre fui contra descolada. Eu seria mentiroso. Eu senti muito. Era só falar de terra e povo que o auditório aplaudia. Alguma influência aquilo devia ter". E como! Roberto tem plena consciência do que vai pelo mundo, das necessidades que temos de mudar muita coisa para que a vida se torne melhor.

Se os compositores e cantores que adotaram posições fossem radicais de verdade, melhor que entrassem para as guerrilhas. Acho que o papo informal nunca é perdido. Tudo o que é interessante a gente registra automaticamente. Sou uma pessoa e sou um brasileiro. Puro, verdadeiro, honesto. E esse é o meu estilo. Mas existem outros cantores, outros compositores, que abordam outros tipos de tema.

E no mundo inteiro é assim. E tem Bob Dylan, que faz um outro género. Eu sou como sou, graças a Deus. E se isso foi bom pra mim, se foi proveitoso pra quem me ouve, para quem me vê, para quem acompanha a minha vida, isso me deixa contente, e muito mais contente porque é espontâneo.

Eu sempre digo que eu sou o que sou, faço o que gosto, o que sinto e, principalmente, o que eu acredito. As pessoas exigem demais da gente. Pô, ao menos dono da minha vida eu tenho o direito de ser". Sabe por que, bicho? Eu próprio desconfiaria de mim. É muito desonesto descolar ideologias. Cada qual deve viver o seu caminho. Bicho, eu sou um sujeito irritantemente coerente". Marcando essa coerência, numa entrevista de , Roberto disse: "Nunca me posicionei favoravelmente à ditadura".

Certa vez perguntaram a Erasmo Carlos: "Como vocês lidavam, na época, quando falavam que vocês eram os preferidos dos militares? Assim como Roberto Carlos, Pelé foi duramente cobrado por suas declarações ou pela falta delas. Usou todo o seu prestígio em favor das crianças pobres.

Pelé nunca foi perdoado por isso. Enfim, pela maioria dos brasileiros ainda hoje. Para Roberto Carlos estava claro que, falar sobre política, sem dominar o assunto, só poderia trazer aborrecimentos para Pelé. Nessa entrevista, o jornalista foi logo puxando o assunto da política. Talvez o cara tenha concluído isso através das coisas que eu disse. E este era um tema recorrente em qualquer entrevista a jornais e revistas do país.

De fato, Roberto Carlos é um dos artistas mais avessos a manifestações políticas. Ele tem dificuldade para se manifestar em assuntos polémicos, que dividem a sociedade. Roberto só se manifesta em assuntos que desfrutam de uma quase unanimidade. Isto o impediu de falar de política na época da ditadura: a sociedade estava dividida, uma parte estava a favor, outra estava contra.

Roberto preferia se calar. Ele se manifesta pela religiosidade porque isto é quase unânime: a maioria absoluta das pessoas tem fé em Deus. Manifesta-se contra o uso de drogas pelo mesmo motivo. É uma causa da maioria da sociedade. Um tema como a campanha da anistia de era um terreno mais complicado e delicado para Roberto Carlos.

A campanha dividia. Ele encontrava muitas pessoas que se manifestavam contra a volta de arruaceiros como Leonel Brizola, comunistas como Luiz Carlos Prestes ou terroristas como Fernando Gabeira. Demorou um pouco, é verdade, mas finalmente ele se manifestou sobre um assunto de natureza política no Brasil. Eu acho que o povo tem o direito de escolher quem vai governar o país. Surpreendentemente, a homenagem foi objeto de uma acirrada luta política na cidade. A peça ficava numa pracinha em frente à casa onde o cantor nasceu.

Teria sido mesmo acidente? Diziam que foi alguém ligado à Arena. O novo prefeito afirmou que todas as providências seriam tomadas para esclarecer o caso e que seria aberto um inquérito para investigar o incidente.

Ao mesmo tempo, sem se deixar intimidar pelas insinuações, ordenou que o que restava do monumento fosse demolido. Eles se colocaram à frente do trator e se recusaram a sair.

E assim foi feito. Destruir tudo pra quê?

Achamos que era um desmazelo da prefeitura permitir que ficassem duas pedras quebradas em plena praça". Pouco tempo depois, o prefeito Ferraço Filho anunciou que mandaria erguer um novo monumento ao cantor.

Um enorme mural de azulejo 8 x 12 m com o rosto de Roberto Carlos pintado ao centro, entre as duas montanhas símbolos da cidade. As opiniões se dividiam, mas quase sempre coincidindo com as simpatias políticas dos que as emitiam. O prefeito Ferraço Filho defendia sua obra. Nos bares, restaurantes, lojas, escolas, todos se perguntavam quem venceria: o antigo ou o novo monumento?

O antigo ou o novo prefeito? A Arena ou o MDB? A cantora. Indagado se iria aceitar a homenagem que o prefeito da Arena estava fazendo para ele, como aceitara a do MDB, o cantor respondeu.

Eu sempre vi aí, no caso, a homenagem do povo de Cachoeiro, entende? Do povo de Cachoeiro, representado pelo prefeito que, na época, era do MDB. A mim me interessa apenas o povo de Cachoeiro, representado pelo prefeito que estiver.

Ou seja: ele queria inaugurar o da Arena e reinaugurar o do MDB. O monumento foi inaugurado na noite de 21 de abril de com uma grande festa em homenagem a Roberto Carlos, que esteve presente, revendo familiares e amigos de infância, recebendo cumprimentos e ouvindo discursos.