londonbeadco.mobi

Baixar Arquivos

NBR 5410 COMPLETA BAIXAR


NBR | Faça o download da Norma NBR atualizada em PDF, comentada | Confira o que é, suas aplicações e baixe agora mesmo. NBR - Visualizar e download da norma completa em pdf. A Norma Brasileira NBR estabelece as condições mínimas necessárias. Faça o download da NBR comentada de forma a garantir uma conteúdo completo sobre a NBR disponibilizado pela revista EM.

Nome: nbr 5410 completa
Formato:ZIP-Arquivar
Sistemas operacionais: MacOS. Android. iOS. Windows XP/7/10.
Licença:Apenas para uso pessoal (compre mais tarde!)
Tamanho do arquivo:23.22 Megabytes

Vale lembrar que o retorno nada mais é do que uma fase. Login Registro. Quando usar? Rogério 27 nov Responder. Se você continuar a utilizar o site, você aceita o uso de cookies. E multipolar 16 Cabos unipolares ou cabo multipolar em leito F unipolares. Os materiais resistentes a arcos mencionados devem ser incombustíveis, apresentar baixa condutividade térmica e possuir espessura capaz de assegurar estabilidade mecânica. Marcelo Alves 18 abr Responder.

NBR - Visualizar e download da norma completa em pdf. A Norma Brasileira NBR estabelece as condições mínimas necessárias. Faça o download da NBR comentada de forma a garantir uma conteúdo completo sobre a NBR disponibilizado pela revista EM. Dicas para conseguir a NBR atualizada e completa. norma não pode ser disponibilizada para download, então você pode adquiri-la no site da ABNT. Esta versão corrigida da ABNT NBR incorpora a Errata 1 de proteção completa e não dispensa, em absoluto, o emprego de. Download gratuito da apostila (NBR em PDF - Instalações elétricas).

Graças à si- fato, o item 5. Sendo o circuito separado isolado da terra, uma fa- e elemento condutivo. E trata distintamente as duas situações, exigin- distinto do primeiro. Na parte 9, mais exatamente nos capítulos referentes a locais con- tendo banheira ou chuveiro, a piscinas e a comparti- mentos condutores. É aí, precisamente, que a muns na Europa.

É a mesma coisa. Além disso, a correta identifica- Fig. A NBR faz recomendações claras sobre como identificar corretamente os componentes em geral e, em particular, os condutores. Antes de apresentar as prescrições da norma sobre o as- sunto, é conveniente recordar três definições: condutor iso- lado, cabo unipolar e cabo multipolar figura 1.

O item 6. A nota do item 6.

O que é NBR 5410 – Instalações Elétricas de Baixa Tensão

Resumidamente, os condutores de fase podem ser de qualquer cor, exceto azul-clara, verde ou verde-amarela. O Fig. Ou, se a linha elétrica fosse cons- de funcionamento normal em regime , em sobrecarga e em tituída por eletroduto, num eletroduto de menor diâmetro. Essas curto-circuito ver tabela I do artigo.

Ou, inversamente, em menores seções, para uma mesma corrente. E também que carga. Verifica-se que o EPR suporta destinado a transportar energia ou transmitir sinais elétri- temperaturas mais elevadas que o PVC.

COMPLETA NBR BAIXAR 5410

Isto significa que, cos. Portanto, apesar das definições iniciais, con- duto passa a ter aqui esse sentido abrangente. Desse o tópico que, isoladamente, mais espaço ocupa na própria ponto de vista, e para começo de conversa, uma linha po- norma. As aparentes, por sua vez, poderiam versos tipos de linhas elétricas. Vale ponto de vista do comportamento térmico. E, explorando o uso de cores, a tabe- mento térmico presumido, la permite identificar facilmente quem-é-quem nesse parti- —- identificasse, em cada grupo, o arranjo que seria talvez cular.

E o mais im- sentativos de linhas fechadas, ou de linhas que devem portante: os desencontros terminológicos, felizmente, pa- ser assim consideradas. Na verdade, ela partiu daí. Eles foram examinados à luz da tabela 28 da das mais adiante. Através da cor ficam assim asso- ras repetições — a mesma coisa apresentada com outro no- ciados, de forma biunívoca, conduto e arranjo de referên- me.

Que, por seu turno, às vezes leva sobrenome: G as tabelas 33 e 34 cobrem os arranjos de referência E, rodapé falso, rodapé técnico. G Temperatura ambiente todos os arranjos de referência, exceto o D : tabela Temperatura ambiente G Temperatura do solo linhas enterradas, arranjo de refe- Em todas as tabelas 31 a 34 , a temperatura ambiente rência D : tabela G Resistividade térmica do solo linhas enterradas, arran- jo de referência D : tabela Ao invés de cabos , para todas as seções de condutores, seguem a ordem crescente apre- sentada.

Todavia, tanto a NBR 1 x De diâmetro externo do cabo , arranjo G; como a IEC o enquadram no arranjo de referência C, assimilando-o, — coluna 8: três cabos unipolares dispostos verticalmente portanto, às linhas abertas que caracterizam este arranjo.

A norma limita, onde dj é o diâmetro externo do condutor genérico. Em resumo: ra um condutor, 0,31 para dois e 0,40 para três ou mais.

Na categoria AF, o parâmetro é 7 dm3. A NBR prescreve, em 6. Admitamos um circuito constituído por cabos unipola- res contíguos numa bandeja, leito ou prateleira, com n ca- mantendo-se entre dois grupos consecutivos uma distância bos por fase, sendo os cabos de cada fase agrupados lado a equivalente a um diâmetro externo de cabo, assumindo-se lado, isto é que os cabos de um mesmo grupo sejam dispostos de for- ma contígua figura 1 ; RR Vejamos um exemplo de dimensionamento, em que se Primeiramente, vejamos a terminologia relativa aos evidencia também o uso dos fatores de agrupamento.

No entan- mento da tabela Assim, por exemplo, em um shaft pode ser utilizado condutor apenas isolado, desde que no interior de eletro- dutos ou eletrocalhas fechadas, fixados à parede do poço. Dimensionamento de circuitos Fig.

A NBR esclarece melhor o Fig. A seguir, na tabela A. Conforme o item 02 da tabela A. E, pelo item 01 cas, o afastamento mínimo também é de 0,20 m, qualquer da tabela A. Além disso, todos os ca- Além disso, como mencionado, os próprios condu- bos utilizados têm de ser do tipo antichama 4. E nes- Linhas embutidas te caso a linha ou seja, o cabo deve estar, no mínimo, 2,5 m acima do piso acabado 4.

Levantamentos realiza- instalações de eletrodutos em alvenaria, por exemplo fi- dos após grandes incêndios com vítimas edifícios An- gura 4. Observe-se que nestes casos os cabos podem ser draus, Joelma, Grande Avenida, Andorinhas, etc.

Em nenhuma hipótese é permitida, nos lo- à grande quantidade de fumaça no local. Esse deslocamen- to da armadura provoca, através de acoplamentos mecâni- cos, a abertura dos contatos principais do disjuntor. Daí o nome disjuntores termomagnéticos. A tabela II indica os valores definidos te do disjuntor. Geralmente, Ui é o maior valor admissível de Ue. A IEC , mais explícita, define corrente nominal como a corrente que o disjuntor pode suportar em regime ininterrupto, a uma temperatura de referência especificada.

Via de regra, os fabricantes de disjuntores termo- magnéticos indicam, além das correntes nominais na Fig. Podem ser usados como dis- IEC O ramente inferiores ao valor teórico da corrente de curto-cir- resultado é que quando um curto-circuito ocorre, seu valor cuito presumida. Assim, deve ser selecionado um disjuntor na realidade é bem inferior ao da corrente presumida Ik. Podem ser tipo gG, gM ou aM. Pois, de fato, no caso mais geral um dispositivo fusí- vel é constituído de base, porta-fusível, fusível, indicador e, eventualmente, percussor.

Sem o fusível limitador de lor eficaz da componente corrente, o valor de crista pode- CA da corrente de falta pre- ria atingir, neste caso particular, sumida.

Vale Explica-se.

O Guia Definitivo Sobre a NBR 5410 com 10 Dicas Que Você Deveria Saber Sobre Instalações Elétricas

Enfim, seria como ter um fusível gG que combi- nasse os contatos do modelo de 16 A com o elemento fusível do modelo de 32 A. Ou como ter, ainda, um fusível gG com corren- te nominal térmica, de regime permanen- te de 16 A, mas com característica tempo- corrente correspondente à de um gG de 32 A. Assim, temos partes condutoras do fusível. Equacionamento Esta é a proposta do Guia EM para a abordagem do as- sunto, sintetizada no fluxograma da figura 1.

Provavelmente sim, certo? De que forma? Esta hipótese, em particular, é discutida mais adiante. Como cante, e o calculado para o condutor.

Possivelmente porque resulta em valo- paro magnético definida, por exemplo entre 5 e 10 In, Im res conservadores. O exemplo ci- tado, das tabelas, mostra que é possível de pronto selecio- nar um dispositivo que satisfaça exigências da norma. Descendo, na coluna desses Tomemos o exemplo da figura 2.

A integral de Joule de um componente elétrico pode ser calculada ou medida em ensaios de curto-circuito. Essa corrente Quando as sobrecorrentes assumem valores muito ele- pode circular continuamente por um tempo extremamente vados, como no caso de curtos-circuitos, os condutores longo, cerca de 20 anos, correspondendo a um valor de I2t atingem temperaturas da ordem de centenas de graus em praticamente infinito.

Nessas condições, o fusível tor com um fusível a montante. Se, no entanto, seja afetado o fusível. Daí o termo 0,8 U; luna pertinentes, obtém-se o Lmax.

Sim, com a mesma corrente nomi- de Ia figura c. Portanto, na figura, D2 poderia perfeitamente prote- ger contra curtos-circuitos!

A NBR impõe aí limites. É mais ou menos essa a abordagem do texto IEC. Dentre os valores ali indicados, destacamos dois:! A regra pertinente, explicada quando do dimensionamento de circuitos. Ela en- primento do circuito, seja, enfim, em ambos. De qualquer forma, que tal dar uma olhada, aqui, no que diz a nota 3 de 5. Ou seja, as regras estabelecidas em 5.

Nenhum deles pode ser deixado de lado. Dependendo mais. Pois ele constitui o ponto de partida natural do pro- do caso, pode até ser que o disjuntor atue devido a algum pro- cesso de dimensionamento, além de funcionar, em certa blema ocorrido no aparelho, mas, de modo geral, presume-se medida, como o pivô do jogo.

Quanto mais precisa for essa estimativa, melhor.

COMPLETA BAIXAR 5410 NBR

Tem o sentido de uma penalida- das tabelas mencionadas. Ela fornece, como mencionado no capí- suas aplicações. E quanto à influência da temperatura am- biente? Só que tem um detalhe. E que envolve, em particular, as No mais, a tabela 37 é pau para toda a obra: linhas fechadas linhas abertas.

O que fazer, se a linha elétrica contiver na linha 1 da tabela; e as linhas elétricas abertas pelos valo- mais de uma camada de cabos? Entrando na tabe- Circuito Corrente de projeto la com 10 cabos multipolares num plano horizontal, encontramos o multiplicador 0, Para três cabos num plano vertical, temos o 1 multiplicador 0, Como indicado na nota de 6. Ele acres- alimentada por transformador próprio. Nesse caso, teremos Fig. É nesse contexto que surge o critério de di- mensionamento econômico, que examinaremos a seguir.

De fato, em 6. A IEC apresenta duas alternativas de dimen- sionamento econômico: o método completo e o método simplificado.

COMPLETA NBR BAIXAR 5410

NBR oferece quatro tabelas 31 a A IEC recomenda que O valor de Iz aí indi- cado é, exatamente, de A. Decidiu-se que a ao longo da vida do cabo. Afinal, todo cabo dissipa energia, por efeito Joule. Vamos a ela, pois. Temos a Iz do cabo de 95 mm2. Falta a Iz do cabo de mm2. Ao invés de cabos unipolares, o desenho indica cabos bipolares. O mesmo acontece na tabela 33].

Uma é Fig. Seu aspecto é mos- domésticos e eletroprofissionais. A tabela I indica os dispo- sitivos utilizados para as diversas funções, no caso de car- gas industriais e similares. Alguém sionamento, também de acordo com a NBR É o caso típico de instalações industriais e mesmo instalações comerciais de porte.

Mas isso — que fique claro — in- denciais e comerciais. Evidentemente, é tam- equipamento a motor , podendo, eventualmente, existir bém o caso de um circuito terminal de tomadas de uso derivações para outras cargas. IM mas também as possíveis partidas simultâneas de motores.

5410 BAIXAR NBR COMPLETA

Examinemos as características principais dos relés tér- A figura 2 ilustra essas prescrições da NBR , para micos de sobrecarga. A fi- juntor e o relé térmico, no caso mais comum. Assim, a cor- gura 2 ilustra as classes de disparo previstas na IEC Uma característica particularmente re- levante é a capacidade mínima de corrente do dispositivo. Alguns pro- tetores existentes no mercado apresentam valores inferiores 5 kA, 8 kA, etc.

Isso sem esquecer as re- dispositivos devem ser ligados entre fase e neutro e entre o gras gerais relativas ao aterramento, que prevêem interliga- neutro e o PE figura 8.

ABNT: NBR / – Download – Universo Elétrico

E mais: ele deve encontrar fórmulas que gumas definições. Com intrincados encargos, que dos por computador. E a norma tem cumprido seu papel. De forma polida, o artigo 6. Como mesma regra que a NBR estabelece para os conduto- é dito em 6. A propósito, a nota de 6.

G se usado para ligar uma massa a um elemento condu- A norma diz, em 6. Nessas condições, os imediatas da malha. Notas Fig. A preferência, aqui, por eqüipotencializa- tanto, o disposto em 6. De fato, o dimensionamento de condutores tem si- do feito, tradicionalmente, sem considerar a presença de harmônicas. Tu- nicas.

Presume-se, assim, que IB ela ganhou contornos psicodélicos. Assim, em um circuito percor- eletrônica reserva para o profissional de instalações: a sua rido por correntes harmônicas de ordem 1, 2, 3, 4, A cor- mos: rente virou família, a família das harmônicas ver boxe. E assim por diante. Mais exatamente, IB é fase ver boxe. Fiquemos, pois, apenas com o critério da Tab. Portanto, na tabela da. Vejamos como fica o dimensionamento dos condutores Fig. As correntes fundamentais cessivo aquecimento de condutores neutros de circuitos razoa- se anulam no neutro.

II, dependendo do caso. É verdade que o posicionamento da norma, do quadro de sobre quantidade de circuitos, se afigura bem mais explí- cito no campo das instalações elétricas residenciais.

ABNT: NBR 5410 / 2008 – Download

No artigo seguinte, 4. No nosso apartamento-exemplo figura 1 entendemos O assunto é tratado em 4. Com que potências? E por razões buídas, o dimensionamento do circuito certamente nos muito sólidas. Se você continuar a utilizar o site, você aceita o uso de cookies. Publicada em 10 de mai de SlideShare Explorar Pesquisar Você.

BAIXAR NBR 5410 COMPLETA

Enviar pesquisa. O slideshow foi denunciado. Nbr - normas corrigida Próximos SlideShares. Gostou do documento? NBR - Instalações Elétricas em Inicie em. Mostre SlideShares relacionados no final. Código do WordPress. Full Name Comment goes here. Are you sure you want to Yes No. Insira sua mensagem aqui. Browse by Genre Available eBooks Exibir mais. Abraao Parente , Divino Ezio Alves.

Djne Carre , Arquiteta e Urbanista at Architect.